Translate

Eficiência Energética

terça-feira, 26 de janeiro de 2010
Nunca é demais relembrar alguns conselhos que pode não parecer, mas tem bastante impacto na factura da Elecricidade ao final do mês.

• Evite ter as luzes ou equipamentos ligados quando não for necessário.
• Substitua as lâmpadas incandescentes por lâmpadas economizadoras e obtenha a mesma luz por menos 80% de energia. As lâmpadas economizadoras têm também um período de vida útil 5 vezes superior, em média.
• Aproveite toda a energia natural que puder. Evite perdas de calor e infiltrações, através do isolamento eficaz de portas, janelas, paredes, tecto e pavimento, reduzindo a utilização de sistemas de climatização (ar condicionado, aquecedores, etc.).
• No Inverno, aproveite a radiação solar para aquecer a casa. No Verão, evite a entrada de raios solares directos.
• Reduzir a intensidade do ar condicionado em um grau Celsius representa 10% de poupança energética.
• Compre equipamentos que apresentem a melhor eficiência energética (classe A, A+ ou A++).• Não deixe os equipamentos em stand by: desligue-os no botão para não gastar energia sem ter necessidade.
• Evite abrir desnecessariamente a porta do frigorífico e seja o mais rápido possível a fechá-la: não consuma electricidade que não precisa.
• Utilize as máquinas de lavar roupa e loiça sempre com a carga completa: poupe água, energia e tempo.
• Utilize, sempre que possível, programas de baixa temperatura nas máquinas de lavar roupa e loiça.
• Dê preferência a recipientes de cerâmica ou vidro quando cozinhar no forno, porque permitem baixar a temperatura necessária ao cozinhado em cerca de 25ºC.
• Utilize o microondas para aquecer e cozinhar apenas pequenas quantidades de comida. Quanto maior for a quantidade de comida aquecida mais energia será gasta.
• Opte por computadores portáteis porque são energeticamente mais eficientes podendo reduzir o consumo de energia até 90%, em comparação com um computador tradicional.


fonte: http://www.eco.edp.pt/

1 Comentários:

beijokense disse...

A Embustes de Portugal gasta imensa energia para levar os seus clientes a consumir menor quantidade do produto que vende.
De repente, só me lembra que possa ser para ter excedentes de produção para dar em vez de vender, LOL.

Enviar um comentário