Translate

Diário de Guerra no JN

domingo, 28 de fevereiro de 2010
O artigo do JN sobre a exposição Portugal nas Trincheiras faz esta referência ao Diário de Guerra:

«Vivências que nos chegaram também através dos escritos dos soldados, como este diário de José Paes dos Santos, da primeira Bateria de Artilharia nº 7, natural de Beijós, Carregal do Sal, que começa a ser escrito no dia em que este partiu de Viseu para Lisboa. Já em França, José Paes dos Santos descreve-nos o sentimento partilhado pelos demais militares: "Aqui me vejo na cama/do báixo do chão enterrádo.../Sujeito a ficár mórto/Ó pelo uma bála varádo..." (ortografia original).»

Não só a ortografia, como a caligrafia, de quem escreveu esta quadra em 31-7-1917, podem ser vistas neste post do Beijós XXI:
http://antoniopovinho.blogspot.com/2006/03/dirio-de-um-soldado-beijosense-na-1_13.html

8 Comentários:

Anónimo disse...

Estou ansioso por ir ver a exposição. Tb li o jornal e achei incrivel o post que foi posto aqui no blog; um post muito completo, com fotos incriveis e unicas, dado que o desejo de tirar uma foto com o Presidente não é consedido a qualquer pessoa, ainda por cima quando tiradas por um fotógrafo que não o da Presidência.
Aliás, dou até os parabens ao fotógrafo (António) que conseguiu tal proeza.

marta disse...

Acho que o anónimo tem toda a razão. De certeza que se eu quisesse tirar uma foto com ele não ia conseguir. Parabêns António (este António é o Sérgio Nunes, certo?)

Anónimo disse...

marta, só deste um erro em parabéns, estás apta para corrigir a escrita do anónimo

marta disse...

Obrigada anónimo pela chamada de atenção sobre o meu erro mas como passei uma boa parte da vida em terras do Brasil, não considero erro o que escrevi. Quando escreve depressa não dá erros é?

jota jota disse...

é pa la tao voces...so ligam a paneleirices...que povinho.Oh marta se escreveres de devagar o blog não foge.sera a marta da seguradora?ser anonimo tambem nao deixa de ser curioso

Doutor disse...

Bom-dia sr. jota jota

Ainda bem que existe este espaço. Assim o sr. pode escrever aqui à vontade.

Sempre poupa algum nas consultas.

Anónimo disse...

Marta, quem se devia ter queixado era o anónimo que te precedeu.
Parabêns é erro tanto no Brasil quanto em Portugal.

Jota Jota disse...

Depende das consultas vá

Enviar um comentário