Translate

Carro eléctrico vai ser produzido em Mangualde

quarta-feira, 19 de maio de 2010
O jornal a Bola noticiou:


"A fábrica da PSA (Peugeot-Citroën) em Mangualde vai produzir carros eléctricos. Mas o que era para ser um negócio de futuro no concelho passou a ser dois: a Felmica é agora o maior produtor nacional de lítio, que é essencial nas baterias daqueles carros.


A Felmica faz a mineração a partir das suas explorações nos distritos de Viseu, Castelo Branco e Guarda (onde está a maior mina europeia de feldspato), mas a moagem e o processamento são feitos em Mangualde. Entretanto, Portugal ascendeu ao quinto lugar do ranking mundial para este sector."
Fonte do texto e foto: jornal a Bola
Ver noticia mais completa no Diário de Notícias

**
Portugal é já o quinto produtor mundial.
Procura de lítio para as baterias (...) pode animar economia portuguesa

«Por outro lado, e segundo dados avançados ao Expresso pela Felmica, as reservas minerais de lítio são de dois milhões de toneladas, e as reservas possíveis variam entre dez e doze milhões de toneladas - o suficiente para uma actividade extractiva durante 70 anos. A produção mundial em 2009 rondou as 18 mil toneladas.
O presidente da Felmica está bastante optimista. "O jogo está claramente a nosso favor", afirma, deixando antever que poderá estar para breve o próximo passo em termos de investimento na transformação do lítio.»
Mangualde poderá assim estar prestes a entrar na rota mundial das grandes construtoras de automóveis.»



Video do Expresso


3 Comentários:

carregar baterias disse...

Grande notícia!

Haverá electricistas desempregados?
Eis uma profissão com saída.

Viva Mangualde disse...

Interessante.

O distrito de Viseu dispõe de recursos fantásticos, uns que a natureza nos oferece outros que algumas boas e importantes iniciativas continuam a proporcionar.
Saibamos estar à altura destes desafios pelo desenvolvimento, onde se inclui um ambiente são e culturalmente bem estruturado.

A região beirã (toda) e o país agradecem.

Viva Mangualde.

Bateria sem carga disse...

http://economico.sapo.pt/noticias/postos-para-carregar-baterias-custam-tres-mil-euros-as-empresas_90735.html

Enviar um comentário