Translate

Noite de s. João

sexta-feira, 25 de junho de 2010

A noite de S. João, em Beijós, não tendo marchas, martelinhos ou alho porro, é bem festejada.


À parte do "roubo dos vasos" e da festa cristã, o bairro da Vinha da Eira, é o que há mais anos consecutivos, festeja a noite de S. João, juntando à volta da sardinhada, do bom vinho e da broa, não só os habitantes do bairro, mas também todos aqueles que fazem questão de se lhes juntar.


Neste bairro, por volta de 1985, começou a organinar-se a comemoração da noite de S.João em Beijós.

Inédito na altura, pois não havia qualquer outro sitio na povoação onde tal acontecesse. Fogueira de rosmaninhos, sardinha assada à borla, são as minhas recordações de infância.

Passados estes anos, a tradição continua, não só graças aos habitantes do bairro, mas também a alguns já "habituès" que marcam a sua presença.

Este ano tivemos a presença de um casal brasileiro, o Herbert, carioca de gema e a sua esposa, descendente de Pardieirenses.

Para o ano, concerteza haverá nova festa.

3 Comentários:

VIVEIROS-BATISTA disse...

permite me discordar com uma referencia feita no post .,. "Neste bairro, por volta de 1985, começou a organinar-se a comemoração da noite de S.João em Beijós.

Inédito na altura, pois não havia qualquer outro sitio na povoação onde tal acontecesse. Fogueira de rosmaninhos, sardinha assada à borla, são as minhas recordações de infância. "
talvez não nos moldes feitos nesse local, mas concerteza que a comemoração do sao joao seria feita noutros logares da povoação, pois eu também me lembra muito bem ir aos rosmaninhos para saltar as fogueiras na noite de sao joão.

hawk76 disse...

Viveiros, claro que com o inédito, me refiro aos moldes em que o convivio era feito, já que como referes, fogueiras havia várias espalhadas pela terra.

Inédito, porque para além das fogueiras, havia o vinho e a sardinhada para quem aparecesse.
Nessa altura, quem oferecia a sardinha era o Sr. Ernesto Cortez, pai da Dª Rita.

Anónimo disse...

O que é inédito»»????

Enviar um comentário