Translate

sábado, 10 de julho de 2010
O movimento para Salvar a casa de Aristides de Sousa Mendes continua em força no FACEBOOK e chegará certamente a 13 000 fãs até 19-Julho-2010, o 125º aniversário do nascimento do gémeos César e Aristides de Sousa Mendes em Cabanas de Viriato, na Beira Alta.

Se esta enorme manifestação de boa vontade se puder transformar em recursos materiais, esta mobilização pode servir para desbloquear este projecto complexo de destaque internacional.

Se cada adepto virtual fizer um pequeno donativo real, de €1 ou €10 ou €100, será certamente

possível angariar os cerca de €130 000 necessários para colocar uma cobertura de protecção permanente a fim de preservar o que resta do interior da Casa do Passal. Actualmente a casa está exposta à chuva e a toda a intempérie.

Apesar de um valente esforço de voluntariado para reparar o telhado em 2004-5, os buracos voltaram a aparecer em 2008, e a aumentar de ano para ano, de mês para mês.

Será que a histórica Casa do Passal, classificada como Monumento Nacional em 2005, vai aguentar mais um rigoroso Inverno beirão?

Situada numa encosta soalheira com vista brilhante sobre a Serra da Estrela a nascente, a Casa do Passal convida-nos a reflectir sobre o Acto de Consciência em que o Cônsul de Portugal em Bordéus salvou cerca de 30 000 refugiados desesperados para abandonar a França,

em Junho 1940, nas ante-vésperas da capitulação.

Mas o avançado estado de ruína da Casa de Sousa Mendes permite-nos também sentir as terríveis consequências desse acto de altruísmo heroico que transformam o diplomata em refugiado, castigado e esquecido durante décadas.

Que melhor forma de comemorar o 125º aniversário de Aristides de Sousa Mendes do que contribuindo para salvar a Casa do Passal com um donativo a favor do Fundo de Investimento (Investment Fund) da Fundação Aristides de Sousa Mendes?

Para comemorar o 125º aniversário de Aristides de Sousa Mendes, dê um contributo para salvar a Casa do Passal que representa um testemunho tangível do Acto de Consciência de Aristides de Sousa Mendes, enviando um donativo para o Fundo de Investimento (Investment Fund) da Fundação Aristides de Sousa Mendes (sujeita à Lei do Mecenato):

NIB: 0045 3321 4018 5666 95578

Caixa de Crédito Agrícola, Cabanas de Viriato

VER fotos históricas da Casa do Passal em http://amigosdesousamendes.blogspot.com

http://beijozxxi.blogspot.com/2010/06/formado-grupo-no-facebook-para-ajudar.html

Ver fotos tristes do interior da Casa do Passal em http://ruinarte.blogspot.com/2010/07/casa-do-passal-cabanas-de-viriato.html

http://amigosdesousamendes.blogspot.com/2010/01/quem-visita-cabanas-de-viriato-e-ve-os.html

http://amigosdesousamendes.blogspot.com/2010/04/ruina-dos-70.html

http://beijozxxi.blogspot.com/2010/01/casa-de-passal-sob-ameaca.html

http://antoniopovinho.blogspot.com/2009/02/2009-ano-de-todas-as-eleicoes-sousa.html

http://amigosdesousamendes.blogspot.com/2009/02/reflectir-sobre-o-projecto-sousa-mendes.html

http://amigosdesousamendes.blogspot.com/2008/03/casa-do-passal-apresenta-novo-buraco.html

http://amigosdesousamendes.blogspot.com/2007/01/museu-sousa-mendes-pendente-de.html

http://antoniopovinho.blogspot.com/2007/01/fotos-antigas-de-cabanas.html

http://antoniopovinho.blogspot.com/2007/01/documentos-antigos-de-vigo.html

http://amigosdesousamendes.blogspot.com/2006/07/dg-monumentos-nacionais-apresentou.html

18 Comentários:

Anónimo disse...

Isto não vai lá com boas vontades.

É necessário que o poder político queira recuperar uma casa para museu ou de guarda memória de um acto de desobediência.

Os políticos mudaram mas, nem os outros nem estes estão dispostos a perdoar uma desobediência a uma ordem superior.

Amigos de Sousa Mendes disse...

Não depende só do poder politico.
A Fundação tem apenas um administrador politico, o Presidente da Câmara de Carregal do Sal em exercício.
E o contribuinte não pode tudo.
Compete aos privados, incluindo todos os admiradores de Sousa Mendes, a tomarem iniciativas concretas e tangíveis.

indiferente disse...

tal como provam as duas ultimas fotos a casa foi modificada radicalmente, acho que ate exageradamente, por isso acho que ñao desfazendo do acto de aristides sousa mendes, também deixou uma erança pesada demais que é a reconstrução de uma casa enorme como é a casa do passal.
Leva-nos também a pensar como é que um simples consul, com uma familia tao grande conseguiu angariar tanto dinheiro para construir uma casa desta dimensão, será que da historia dele so constao actos heroicos ??

beijokense disse...

@indiferente (e demais)

O que vou dizer não põe em causa nem o chamado "acto de consciência" nem as intenções daqueles que acham que "salvar a casa" é uma prioridade.

O que tenho para dizer (aliás, já o escrevi aqui, embora por outras palavras) é que já estou farto de ouvir o mito segundo o qual Aristides morreu na miséria "por causa" do seu acto heróico. Aristides morreu na miséria (conceito relativo, já que o Estado continuava a pagar-lhe 1200$00 de salário) porque sempre fez aquilo que Portugal vem fazendo - gastar mais do que ganhava.

franciscano disse...

Se Aristides de Sousa Mendes tivesse vivido uma vida de franciscano, despojada de bens materiais, o seu acto de altruísmo teria tido mais ou menos mérito?

A Casa do Passal não é um qualquer palacete em ruínas, é uma casa histórica, que testemunhou um dos eventos mais importantes do Século XX, o início da resistência e da luta contra o nazismo.

Sprechen Sie Deutsch? disse...

Sprechen Sie Deutsch?

Deutsch lernen bereits!

beijokense disse...

O meu comentário não tem nada que ver com mérito, tem que ver com mitos. Quem lê os textos de apoio à causa encontra, umas vezes de forma implícita, outras bastante explícita, essa ideia de que o acto lhe causou a miséria. Isso não é verdade.

Para quem não sabe ou não teve tempo de ler o que escrevi, repito que o meu comentário, feito em resposta a alguém que se identificou "indiferente", em nada questiona a bondade do Movimento que é objecto deste post. A casa poderá ser usada para "guardar" e desenvolver a memória de um passado, não muito longínquo, de regimes ditatoriais, do tempo em que a nacionalidade, a religião ou o ideário político podiam, com facilidade, determinar a morte de uma pessoa. Infelizmente, isso acontece ainda hoje em vários países.
Numa visão mais egoísta, reconheço ainda que, se se conseguisse a reabilitação da casa para esse fim, seria benéfico para o nosso concelho.

Agora, não misturem isso com as dificuldades financeiras do cônsul, que em pouco foram afectadas pelo "castigo de Salazar". A não ser que o exercício de funções diplomáticas lhe tivesse permitido aceder a qualquer tipo de fundos, para além do seu salário.

Micas10 disse...

Mas o mérito é mesmo o que importa.
Há muitas casas arruinadas, e há cada vez mais gente com dificuldades financeiras.
Mas há bem pouca gente a tomar a iniciativa de ajudar o próximo, sobretudo se isso implica correr o risco de ser inconformista e desalinhado.

É mesmo pelo mérito que algumas pessoas como Sousa Mendes viram mitos, apesar de todos os esforços de apagar o seu nome e de as votar ao esquecimento.

indiferente disse...

porque será que ninguem toma a iniciativa de recuperar a casa de salazar no vimieiro, e ainda se ouvem vozes contra essa recuperação, esse sim viu o seu nome retirado de muitos lugares no nosso pais, e olhem que apesar de o regime ser mau deixou muitas coisas boas no nosso pais,

Salazar caiu disse...

Sendo Indiferente, vai esperar sentado ou vai mesmo liderar essa campanha de angariação de fundos para restaurar a casa de Salazar?

Vamos lá ver a cor do seu dinheiro!

Anónimo disse...

Pois O problema é que a casa do Aristides de Sousa se tivesse em Lisboa ou No Porto Ja estava pronta á mais 15 anos! Mas infelizmente Os governantes só sabem ver Lisboa e Porto Faro! A culpa também e do presidente da junta cabanas de Viriato e também da câmara do Carregal do sal deferiam fazer pressão! Mas pronto os anos passam vêm as eleições e votamos sempre no mesmo!
E a maneira da Portuguesa! Somo um país da república da sobra de uma azinheira!

Friends of Sousa Mendes disse...

Friends of Aristides
Put your money where your heart is:
Send a 125th birthday gift to Aristides
born on 19-July-1985
and help save his Casa do Passal in Cabanas de Viriato

Anónimo disse...

Um destes dias, fazem um mini-museu em Lisboa e a Casa do Passal passa ao esquecimento.

Ruinas disse...

Ver uma série de fotos tristes e impressionantes em
http://ruinarte.blogspot.com/2010/07/casa-do-passal-cabanas-de-viriato.html

Gastão de Brito e Silva disse...

Estive à cerca de 3 semanas neste local onde realizei a reportagem acima citada... foi uma breve homenagem a Aristides de Sousa Mendes e uma denuncia ao estado que esta casa chegou...

Anónimo disse...

A RUÍNA de Sousa Mendes foi também a RUÍNA de alguns fornecedores locais.
Por isso a Casa do Passal foi vendida em leilão de credores.

Toda a gente continua a "perder" com o atraso na recuperação da casa, que já podia estar a dar muito trabalho a muita gente e a atrair visitantes para a região.

Anónimo disse...

Desculpem eu sou de Lisboa e, tambem tivemos o Palacio dos Condes de Sottomayor praticamente em reuinas, foi recuperado.
Vão a Alameda das Linhas de Torres onde existem palacetes seculares e vejam como eles estão.
Vão a varias ruas de Lisboa, onde ha predios com azuleijos pintados á mão, mais na zona da Estefania, praça do chile, almirante Reis etc etc, e vejam como são tratados.
As janelas estão todas com com tijolos porque?
Simples os drogados são tantos e alguns sem abrigo
vão la para dentro e depois acontece como aconteceu num predio secular na Av. da Liberdade,ardeu.
Sabem e que nem todos podem ter o previlegio como o nosso primeiro, viver num predio recuperado pela Camara de Lisboa, com uma fachada monumental
mas esse predio foi recuperado,Sabe-se la porque??
Desculpem, se a Casa do Passal estivesse em Lisboa,podem crer, que so estaria pronta e recuperada se, deixassem la morar o Dr. Mario Soares e a familia, porque eu ainda não esqueci as palavras da Dra Maria Barroso "EU NÃO QUERO MORRER E DEIXAR ESTA CASA ASSIM,VAMOS LUTAR TODOS JUNTOS" tão a ver não estão
Se ofendi alguem desculpem mas eu sou curta e directa.
ana paula fernandes

Amigos de Saramago disse...

A Fundação José Saramago tem sido mais beneficiada.
Recebeu a Casa dos Bicos da Camara de Lisboa que já gastou mais de 3 milhões de Euros para criar a Casa de Saramago.
Os valores exactos da derrapagem dos custos das obras na Casa dos Bicos, o monumento nacional que a CML decidiu oferecer ao escritor comunista José Saramago para sede da sua Fundação.

Enviar um comentário