Translate

Acção armada

domingo, 12 de dezembro de 2010
«Ameaços de destruição de coisas, de espancamentos, ferimentos, e até de mortes d’algumas pessoas.

Chega ordem para ocupar as casas de José Rodrigues Machado.
O commandante ameaça destruir e incendiar as casas e moveis, e de espancar, matar, tirar as tripas, etc. ás pessoas...
Preparos para retirada d’algumas pessoas.»

(Notícia de 12-12-1842)

2 Comentários:

hawk76 disse...

@beijokense, continuo á espera da minha árvore, para conhecer os meus ascendentes....

beijokense disse...

As casas de José Rodrigues Machado situavam-se na área que hoje é designada Quelha do Arcipreste.

José era natural da Aguieira e casou com Balbina Coelho de Moura, uma neta de Tomásia. Tiveram 6 filhos, mas creio que todos sem descendentes, o que talvez justifique o facto conhechido de que estas casas foram propriedade de Narciso Rodrigues Machado (sobrinho do José???).

Dos 6 filhos, consegui informações relevantes sobre 3:
- o Dr. Alexandre, que foi presidente da Câmara do Carregal e da Junta de Paróquia de Beijós;
- o Pe. António que foi reitor de um colégio em Coimbra;
- o Pe. Luis, que tinha a escola que foi encerrada em Beijós e que foi mais tarde professor no Seminário de Viseu.

Enviar um comentário