Translate

Mulher suspeita de atear dez incêndios no concelho de Carregal do Sal

sábado, 30 de julho de 2011
A GNR de Carregal do Sal identificou uma mulher suspeita na tarde do passado dia 28, na Estrada Nacional 234, sendo identificada na sequência de um incêndio que estava a deflagrar naquele momento, havendo fortes indícios de ter sido ela a responsável. Foi solicitada então a comparência na Policia Judiciária.

A Polícia Judiciária entretanto anunciou, em comunicado, que a mulher de 23 anos foi detida pela presumível prática de dez crimes de incêndio florestal. A suspeita "está fortemente indiciada" de "ter ateado dez focos de incêndio florestal" nos dias 21 e 28 de Julho deste ano e nos meses de Julho e Agosto do ano passado.

A arguida foi presente a primeiro interrogatório esta sexta-feira para aplicação das medidas de coacção adequadas. Fonte da PJ disse à agência Lusa que a mulher, que se encontra desempregada, justificou os seus actos com "impulsos que não consegue controlar".

2 Comentários:

beijokense disse...

«Suspeita de dez crimes de fogo posto, a jovem alegou que "obedecia a um chamamento interior" quando ateava as chamas, com recurso a um isqueiro, segundo fonte da PJ de Coimbra. A mulher, casada e com filhos, está indiciada pela autoria de dois fogos registados nos passados dias 21 e 28 e de mais oito, ateados em Julho e Agosto do ano passado. Ouvida ontem em tribunal, ficou em prisão domiciliária, com pulseira electrónica.»

Nuno disse...

"obedecia a um chamamento interior". A própria suspeita a fazer humor negro sobre o caso?

Enviar um comentário