Translate

Precisamos de condições de pagamento para a factura que chegou

domingo, 28 de outubro de 2012
DOMINGO, OUTUBRO 28, 2012
Precisamos de condições de pagamento a 20 anos...

PPP em Portugal. “Havia crédito, havia 

megalomania e a factura era para pagar depois”
Por Ana Suspiro, publicado em 26 Out 2012 - 12:37 | Actualizado há 53 minutos 56 segundos
Mariana Abrantes de Sousa foi controladora financeira do Ministério das Obras Públicas no primeiro governo de Sócrates
Entrevista publicada no ionline.pt a 26-Outubro-2012 em 
·       
A economista Mariana Abrantes de Sousa será das pessoas em Portugal que melhor conhecem o universo das parcerias público-privadas (PPP). O seu percurso profissional passa pela banca comercial que financiou a Lusoponte, concessionária da Ponte Vasco da Gama, até ao Banco Europeu de Investimentos (BEI) e ao Estado, onde assumiu funções de controladora (controller) financeira no Ministério das Obras Públicas de Mário Lino e Paulo Campos, do governo de José Sócrates. Hoje segue o tema com paixão no seu blogue (PPP Lusofonia). Na hora de apurar responsabilidades pela aventura portuguesa das PPP não poupa o Ministério das Finanças, então liderado por Teixeira dos Santos, que falhou no controlo da despesa de uma factura que era adiada, nem o Banco Europeu de Investimentos (BEI), que financia sem correr o risco... 

2 Comentários:

Anónimo disse...

DE: Francisco Abilio Abrantes
Em, Hayward, Ca. U.S.A.

Quando o sitema residencial atingiu, o ponto maximo. As bancas neste pais U.S.A.
Passaram, os emprestimos de 30 para 40 anos.
Assim os pagamentos do emprestimo, viraram mais suaves.
Nao foi o suficiente.Milhoes de casas, sao entregues as bancas diariamente.
Sou um inesperiente, nesse negocio, acertei sempre a quem vendi as minhas casas. As quais eu financiei, ainda continuo a receber o meu.
So Madoffes. Portugal para pagar os "fundos perdidos".20+30=50 anos . Antes nao sera, possivel,acredito.
O Portugal, que tivemos, que temos, e, o que teremos.

anónimo sem reforma disse...

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=390426&tm=7&layout=122&visual=61

Enviar um comentário