Translate

Nelas ou Santa Comba? Talvez Viseu...

segunda-feira, 5 de novembro de 2012
Em 5 de Maio de 1843 deu entrada na Câmara dos Deputados um requerimento da Câmara Municipal de Canas de Senhorim «pedindo a sua anexação ao concelho de Senhorim, ou que lhe seja anexada a freguesia de Beijós, do concelho do Carregal. A Câmara demonstra com toda a evidência a necessidade duma destas coisas; por isso que o concelho tal qual se acha nem pode fazer face às despesas indispensáveis, nem tem cidadãos habilitados para os cargos municipais e paroquiais, e tendo mais desejo que se anexe ao concelho a freguesia de Beijós; é tal a convicção que têm os vereadores, que não obtendo esta anexação se sujeitam a ser o concelho anexado ao de Senhorim, com o qual estão em imediato contacto».

Bem, o resultado imediato já foi aqui divulgado. Os beijosenses mostraram-se contra a mudança do Carregal para Canas e os canenses desistiram da ideia, optando por propor a fusão com Senhorim. E a nossa integração não passou de um Sonhorim.

Volvidos 170 anos, surge uma proposta da mesma natureza, não ao nível admnistrativo, mas ao nível judiciário: o Governo propõe-se decretar que Beijós (i.e. todo o concelho do Carregal) deixe de pertencer à área territorial da instância local(*) de Santa Comba e passe a pertencer à de Nelas. Aparentemente, esta proposta decorre da falta de população suficiente no município de Nelas para justificar a existência da respectiva instância.
Para os beijosenses, poderá haver uma preferência por Nelas ou Santa Comba, como havia até há pouco tempo pelas estações do serviço Intercidades. Quanto aos pardieirenses, não sei se mantêm a sua preferência por Viseu...


(*) Trata-se de instância local do Tribunal Judicial da Comarca de Viseu. Estas instâncias têm competências genéricas de inquérito, instrução, julgamento, execução que não estejam atribuídas a secções especializadas da instância central (Viseu). Carregal mantém a sede do Julgado de Paz de Carregal do Sal, Mangualde e Nelas.

P.S. Houve uma discussão entre os autores deste blogue sobre o sistema de comentários. Eu sou um dos autores que propuseram alterações. Não tendo havido consenso sobre as propostas de alteração feitas por vários autores, manter-se-á o sistema em vigor, nativo do Blogger/ Google. Dentro das limitações deste sistema, decidi, ao abrigo dos estatutos, ocultar todos os comentários anónimos que venham a ser feitos em posts escritos por mim a partir desta data. Agradeço a vossa compreensão.

14 Comentários:

Anónimo disse...

Eu prefiro Nelas

Nelas para tudo disse...

Eu voto Nelas para tudo.
Fica bem mais perto.

Micas10 disse...

Nelas para tudo
Fica muito mais perto

Anónimo disse...

Nelas, claro.

Manuel

amigo de beijós xxi disse...

bom dia beijokense,em relaçao ás mudanças que tu dizes sobre os posts por ti escritos,que nao aceitas comentarios anónimos? estás do teu direito e nao sou eu que te vou criticar pois é um direito que te assiste pelos estatutos.
mas deixo-te aqui uma questao, qual a diferençia entre um comentario anónimo, ou eu comentar como nuno,joao,antero ou outro nome qualquer pois posso sempre inventar um nome para publicar.felicidades para ti.

Alexandre Borges disse...

Pensem bem :)

Hawk76 disse...

A diferença é mesmo essa, ter uma identidade em vez de não ter...
Se não há diferença, porquê ser anónimo?
Se os contributores em vez de terem identidades, fossem anónimos? Como saberiam a autoria de cada publicação?

E se todos os comentadores fossem anónimos? Seria o BeijósXXI o mesmo blogue?

Ter um nickname, uma identidade ficticia, é muito diferente de comentar a anónimamente.

No incio do Beijós XXI ninguem conhecia os nicks de ninguem, só com o tempo se foram descobrindo. Há quem comente com vários nicknames, uma pessoa, várias identidades...

amigo de beijós xxi disse...

hawk76 eu aceito a tua opiniao, mas desculpa eu discordar um pouco dela. do fim do teu comentario tu vais aonde eu quero chegar o que interessa ter nicknames se por fim somos todos anónimos.nao sei se entendes onde eu quero chegar?imagina eu publico como amigo de beijós xxi e digo muito bem de um post publicado por ti.logo a seguir posso publicar como nuno e so dizer mal de ti e tu ficas com a ideia que sao duas pessoas diferentes.por isso é que eu digo que somos todos anónimos,e tu já sentiste isso da pele infelizmente.pq quem diz mal tanto faz ser anónimo, joao ,rui ou maria espero ter feito me entender. um abraço grande para ti.

Hawk76 disse...

Amigo de beijós xxi, obviamente entendo esse ponto de vista.

Volto a afirmar que não sou contra comentários anónimos, mas não aceito que determinado individuo de esconda atrás do anonimato para fazer ofensas ou comentários injuriosos.

Hanvendo um nickname ou alcunha, há uma entidade ao qual pode ser associado um ou mais comentários.

O seu caso "amigo de beijós xxi", não sei quem é o individuo por trás da alcunha, nem é importante.

Esta troca de ideias é entre o "amigo de beijós xxi" e o "Hawk76". Certamente as pessoas fisicas por trás dos nicks, até se conhecem, mas não tem qualquer relevância.

Na minha opinião, todos os comentadores deveriam ter um nick registado, mas porque acredito que determinados comentários acabariam.

Ricardo Santos disse...

Uma pequena dúvida Beijokense... a certa altura do texto escreves:

"...Para os beijosenses, poderá haver uma preferência por Nelas ou Santa Comba..."

e depois escreves:

".... Carregal mantém a sede do Julgado de Paz de Carregal do Sal, Mangualde e Nelas."

Não sou nenhum perito na matéria mas se o municipio de Nelas não tem população suficiente porque não se podem deslocar eles ao Carregal onde está a sede do julgado de Paz? De acordo com o que escreveste acima Carregal tem a sede do julgado de paz de Carregal, Mangualde e Nelas, para quê mudar o actual sistema?

Um factor a ter em conta na minha opinião é não haver transportes públicos para Nelas desde Beijós, para o Carregal e Santa Comba existe.

beijokense disse...

Julgado de Paz é um sistema diferente do tribunal. Deslocar o tribunal de Nelas para o Carregal não me parece viável.

Qual é o transporte público Beijós - Sta. Comba?

Ricardo Santos disse...

Obrigado pelo esclarecimento, para Santa Comba vamos de autocarro até ao Carregal e julgo que existia há uns anos autocarro do Carregal para lá ou podemos ir de combóio do Carregal até SCD.

Ambos os tipos de tribunais deveriam estar próximos, sem fazer qualquer pesquisa online tenho a percepção que o julgado de paz é um sistema de decisão "rápido" onde basta ir uma ou 2 vezes para se tomar uma decisão, no outro tribunal " normal" é preciso ir muitas mais vezes, por isso não podendo os 2 estarem no mesmo sitio na minha opinião este último deveria estar o mais próximo possível.

Se houvesse transporte público para Nelas e se fosse possível resolver em Nelas o que se resolve em SCD estaria de acordo com isso, politicamente não sei se seria bem recebida a ideia mas acho que a facilidade de deslocação/transporte/proximidade é mais importante que as cores politicas.




beijokense disse...

http://www.ionline.pt/portugal/ministra-vai-discutir-novo-mapa-judiciario-autarcas-entre-19-21-novembro

Carlos Peixeira Marques disse...

«CÂMARA do Carregal tenta travar transferência para o Tribunal de Nelas

Enviar um comentário