Translate

Eleições autárquicas 2013 - resultados

segunda-feira, 30 de setembro de 2013
Os resultados das eleições autárquicas estão aí.
Parabéns aos vencedores e agradecimentos a todos os candidatos pela sua disponibilidade e por oferecem alternativas aos eleitores.

Para a Câmara Municipal de Carregal do Sal 
PS             52,8%  (4 mandatos),  Rogério Mota Abrantes  
PSD          34%    (3 mandatos)
CDS           5,5%
PCP-PEV   1,8%
Em Beijós: 
PS        54,6%  (5 mandatos), Carlos Pais Baptista
PSD     38,3%  (4 mandatos)
CDS      1,9%
O portal interactivo do Público  tem mais detalhes, não só sobre as eleições mas também sobre a situação actual da população do município de Carregal do Sal que importa conhecer, para verificarmos, daqui a quatro anos, se a nossa condição melhorou ou  se agravou.
Desemprego:       11,2%
Indice de envelhecimento:    186,7 idosos por 100 jovens
População com ensino superior:     6,6%
Pensionistas da Segurança Social:  38,6%  (haverá também pensionistas da CGA e outros sistemas)
Beneficiários da RMG Rendimento Mínimo Garantido e RSI Rendimento Social de Inserção    18,4% 
Fonte:   http://www.publico.pt/autarquicas2013/municipio/carregal-do-sal

20 Comentários:

Politica nova disse...

A Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de Beijós viraram de cor para o cor-de-rosa do PS
Uma mudança de que não há memória.

Será sinal de uma política nova, ou de tudo como dantes?

Expresso disse...

Mais resultados no Expresso on-line
http://expresso.sapo.pt/eleicoes-autarquicas-2013=f832687#af

Lusa diz disse...

PS "roubou" a Câmara de Carregal do Sal ao PSD
30-09-2013 01:38 | Política
Fonte: Agência Lusa
Carregal do Sal, 30 set (Lusa) -- O empresário Rogério Abrantes "roubou" no domingo para o PS a presidência da Câmara de Carregal do Sal, que era governada há seis mandatos por Atílio dos Santos Nunes, do PSD.

"Estou muito contente mas, ao mesmo tempo, já sinto o peso da responsabilidade que a população me deu", afirmou Rogério Abrantes à agência Lusa, prometendo "muita força" para encarar os desafios com que se vai deparar.

Na sua opinião, a percentagem de votos conseguida pelo PS para a Câmara (52,8% e quatro mandatos) demonstra bem a vontade de mudança que o eleitorado sentia.

Além da Câmara, o PS venceu também a Assembleia Municipal, com 50,96% dos votos, e três das cinco Juntas de Freguesia do concelho.

Quando tomar posse, Rogério Abrantes vai querer "conhecer todas as pessoas e saber qual o trabalho que executam", para a partir daí poder organizar a Câmara da maneira que a sua equipa entender.

"Apesar de ter estado quatro anos na Câmara como vereador, era da oposição e nunca tive hipótese de contactar diretamente com a maior parte das pessoas", afirmou.

O PSD tinha apresentado como cabeça de lista à Câmara o médico Vasco Jorge, tendo o partido obtido 34,04% dos votos (três mandatos).

AMF // SSS Lusa/fim

vira virou disse...

Como o Rogério Mota Abrantes foi do PSD durante muitos anos, isto é mais um empréstimo...

Anónimo disse...

Ouvi dizer ou sonhei, que o PS em Beijós tem 6 mandatos e o PSD três, isso era ouro sobre azul, que tal, há por aí alguém que me ilucide

Anónimo disse...

Para mim não me importa nada a cor de quem está, o importante é que mostre obra feita! Que comecem as obras!!!!!!

Anónimo disse...

http://autarquicas2013.mj.pt/#

Anónimo disse...

Para mim não me importa nada a cor de quem está, o importante é que mostre obra feita! Que comecem as obras!!!!!!, - antes estavas caladinho, agora queres tudoe rápido, espera sentado como eu

Anónimo disse...

Caro anónimo, bem se vê que quando tentamos adivinhar quem está do outro lado, nem sempre acertamos. Não é caladinho é caladinha! E ao contrário de país inteiro que espera sentado que os outros resolvam os problemas eu sou daquelas que se levanta e pelo menos pergunta no que pode ajudar, E garanto-lhe que já fiz mais por Beijós do que muita gente nascida e criada aí!

Anónimo disse...

Mantenho o que disse, caladinho, fico feliz por dizer já fiz mais por Beijós do que muita gente nascida e criada aí!, pois não é desta terra, é doutra mais avançada, parabéns, continue a fazer o bem

Anónimo disse...

E eu mantenho o caladinha!
Nenhuma terra é mais avançada que a outra pois todas têm caraterísticas diferentes e avançam consoante as suas possíbilidades.
Reconheço que a minha tem mais infraestruturas,e a diferença é realmente grande, mas também porque a população puxa toda para o mesmo lado em vez de andar constantemente a picar quem faz ou deixa de fazer alguma coisa!
Essa é a grande diferença!
E esteja descansado que vou continuar a fazer o que posso pela sua freguesia!

Anónimo disse...

Mais CDU-PEV

Anónimo disse...

CDU-PEV

Anónimo disse...

Antes eram grandes, depois passaram a pequenos que depois até fugiram de cumprir com a sua obrigação de terem sido eleitos pelo povo, depois dizem que o povo é mau, então não havia de ser.

Anónimo disse...

Sem duvida uma boa noticia para aqueles que procuram um emprego na Camera

Anónimo disse...

POIS Camera, claro muito bem dito e escrito ehehehehahahah

Anónimo disse...

Não acham que os do PSD são mesmo pequenos e até desistem, que VERGONHA

Anónimo disse...

Em todos os partidos políticos á pessoas capazes e incapazes de exercer as suas funções... Por isso em vez de criticarem os que trabalham façam o favor de ir trabalhar para o país e a nossa freguesia ir pra frente em vez de viverem á custa dos outros e passar a vida a criticar quer um partido quer o outro.

Anónimo disse...

Os do PS começam mesmo bem, sem haver uma assenbleia deliberaram a belo prazer (deles) qqu a junta ia funcionar como queriam, nem dão a saber aos outros, entraram bem sim senhora

Anónimo disse...

Pelos numero de votantes 5 do PS e 4 doPSD é logico que as decisões fossem as do PS mesmo que os do PSD votassem contra de nada valia. Mas como águas passadas não movem moinhos espero que tanto os do PS como os do PSD tragam ideias e muito empenho para a nossa freguesia. E já agora que as pessoas que tomaram posse sejam elas de um partido ou outro não deixem de trabalhar por um Beijós melhor!

Enviar um comentário