Translate

Da cacafonia ao silêncio sobre as eleições

domingo, 20 de outubro de 2013
Um artigo interessante no Publico aponta para a falta de comentários nas redes sociais sobre as campanhas eleitorais para as autarquias em 2013.

Também no Beijós XXI , a quantidade de comentários em 2013 foi muito inferior a 2009, o ano de todas as eleições. Será bom, será mau, quais as causas e consequências, e como interpretar este aparente desinteresse?

E no entanto, os resultados eleitorais indicam uma viragem histórica na Junta de Freguesia de Beijós e na Câmara de Carregal do Sal para o PS, do PSD que esteve no poder mais de 30 anos.

Uma das causas da redução de comentários no blog Beijós XXI, que em 2009 ainda era novidade,  foi talvez a dispersão das atenções pelas novas redes sociais como o Facebook, Twitter, etc. Os próprios contribuidores colocaram menos conteúdos.  E os comentadores, alguns dos quais em 2009 se rebaixaram a impropérios e ataques pessoais, não ficaram apenas mais comedidos mas até se calaram. Talvez por compreenderem melhor que os comentários na Internet são eternos, ao contrário das "bocas" entre amigos e vizinhos encostados ao muro da ponte.

Ou será que muitos dos eleitores não queriam abrir o jogo de antemão e queriam mesmo utilizar o seu direito ao voto secreto nas urnas?  Quando se trata de escolher entre primos e vizinhos, quanto mais drástica a  mudança mais delicada se torna, e portanto maior a importância do sigilo eleitoral.

Será que houve mais ou menos participação do público em 2009 ou 2013, contando os comentários e visualizações em todas as redes, no blog Beijós XXI, no Facebook, noutros blogs,  etc? Em qualquer caso, passados sete anos sobre a sua criação em 2006, cá continua o blog Beijóz XXI, com mais ou menos artigos e comentários, a prestar um serviço público e a servir de forum para as questões que interessam aos beijosenses.

As principais consequências da falta de envolvimento e diálogo com os eleitores serão a abstenção e a falta de responsabilização dos próprios eleitores, que não votam, mas reclamam. Considerando as falhas do recenseamento eleitoral, a abstenção terá descido ou subido  na freguesia e no concelho?

Gostava de acreditar que a redução de comentários, eliminando os disparatados, tenha sido um sinal de maturidade e não de desinteresse, pois a nossa qualidade de vida começa com uma democracia eficaz nas cidades, vilas e aldeias onde moramos.

Eleitor que não vota  não manda, mas continua sempre a pagar como contribuinte.  E essa factura não para de crescer.  Eleitor que vota manda, pouco talvez, mas sempre é melhor que nada.  Afinal temos uma democracia jovem, com menos de 40 anos, ainda estamos a dar os primeiros passos na auto-determinação.
Para uma nação com quase 1000 anos de história, três guerras de independência, pelo menos uma guerra civil, e várias bancarrotas e colapsos financeiros, bem podíamos aprender e aplicar as lições da boa governação nas terras de Viriato.

Ou será que os Romanos tinham razão acerca do povo da Lusitânia ?

Ver mais  sobre as eleições de 2009 em  http://antoniopovinho.blogspot.com/search/label/Elei%C3%A7%C3%B5es
Serviço público do blog Beijós XXI http://antoniopovinho.blogspot.com/search/label/Servi%C3%A7o%20P%C3%BAblico
Ver mais sobre as eleições de 2013 em http://beijozxxi.blogspot.pt/search/label/Elei%C3%A7%C3%B5es, os resultados http://beijozxxi.blogspot.pt/2013/09/eleicoes-autarquicas-2013-resultados.html,
 http://www.publico.pt/politica/nacoticia/a-cacofonia-das-autarquicas-gerou-silencio-nas-redes-sociais-1607522;  Beijóx XXI  no Facebook ,  eleitores-fantasma  http://beijozxxi.blogspot.pt/2013/10/beijoz-incluindo-costeira-com-1037.html, Farol da Nossa Terra http://www.faroldanossaterra.net/2013/10/08/carregal-do-sal-resultados-definitivos-das-eleicoes-autarquicas/
No tempo de Viriato ...http://viriatus15.blogspot.com/2011/01/nao-se-governa-nem-se-deixa-governar.html

5 Comentários:

Calar mas não consentir disse...

O povo cala mas não consente.
Parece uma forma de resistência pacífica, ou até mesmo passiva, e um avisos aos políticos que os eleitores não andam assim tão distraídos.

Farol da Nossa Terra - eleições disse...

Resultados das eleições autárquicas 2013 publicados no Farol da Nossa Terra http://www.faroldanossaterra.net/2013/10/08/carregal-do-sal-resultados-definitivos-das-eleicoes-autarquicas/

Carlos Peixeira Marques disse...

Olá Micas10.
O Beijós XXI fez oito anos, não sete. Sem pompa, sem festa, sem sequer um brinde.
Não me pareceu que houvesse menos interesse na política, o que há é menos interesse no blogue. Os administradores não quiseram aproveitar as potencialidades de facebook, nem quiseram adoptar uma política de comentários que garantisse a "competitividade" do blogue face às novas plataformas.
Na minha opinião, não poderemos ter aqui um «forum para as questões que interessam aos beijosenses», de forma séria, completamente minado por comentadores anónimos que, intencionalmente ou não, destroem o espírito de comunidade e afastam os que estariam dispostos a dar contribuições positivas.
Finalmente, espero que ninguém tenha saudades do que se passou em 2009!

Anónimo disse...

talvez no texto do António Abrantes estejam algumas respostas do porque as pessoas se afastarem da politica...

Anónimo disse...

Votem!...Votem!...Votem!...
Se cado voto rende 3.20 euros, ao partido. entam Vota
Um desses partidos de meia tigela,. Mas que tenha 50.000
votos, recebe mensalmente, cerca de 12.000 euros. Ganda mina..

Enviar um comentário