Translate

Reservar a data, 17-Junho, Dia da Consciência

segunda-feira, 8 de março de 2010
A 17 de Junho de 1949, Aristides de Sousa Mendes, então Consul de Portugal em Bordéus, decidiu seguir a sua Consciência e conceder vistos, apesar de ordens em contrário, a todos os refugiados que procuravam desesperadamente saír da França à medida aque os invasores Nazi avançavam.
Bordéus, que era temporariamente a capital da França, estava cheia de gente. Charles de Gaulle tinha partido para Londres, de onde viria a lançar o célebre apêlo à la "la resistance" (a 18-Junho-1940).
Aristides de Sousa Mendes debateu-se com o seu dilema durante vários dias, ficou doente, caiu à cama. Quando tomou a sua resolução, lançou-se numa maratona de concessão de vistos durante quase uma semana, com a ajuda de funcionários e familiares, em Bordéus, em Bayonne, na própria fronteira com Espanha. Dentro de pouco tempo, o fluxo de estrangeiros a entrar em Vilar Formoso e outros pontos de fronteira aumentava.
Em 1966, Aristides de Sousa Mendes foi reconhecido como um Justo entre as Nações (Righteous Gentile) por ter a levado a cabo a maior acção de resgate empreendida por uma pessoa singular, e logo no início da Segunda Guerra Mundial.
Passados 70 anos, somos convidados a marcar o dia de 17 de Junho para comemorar e dar graças pelo seu Acto de Consciência e de altruismo. Nesse dia, muitos amigos de Sousa Mendes irão participar em diversas cerimónias e eventos ecuménicos, que estão a ser organizados e alguns já confirmados:
17- Junho-2010, Vaticano, Igreja de Santa Maria de Transpontina
Uma missa de acção de graças será celebradas por três Cardeais:
William Levada, que é Luso-Americano, Prefeito da Congregação da Fé e anteriormente, bispo de San Francisco, California
Renato Martino, durante muitos anos o Observador Permanente do Vaticano Junto das Nações Unidas
Cláudo Humes, Brasileiro, Prefeito da Congregação do Clero

Estão planeados eventos semelhantes na Bélgica, em Bordéus, Lisboa, Newark, New Jersey, São Paulo , Brasil, entre outros locais. Todos os amigos de Sousa Mendes podem aderir a este movimento e organizar eventos nas suas comunidades locais.
Em 2004, no ano do 50º aniversário da morte de Aristides de Sousa Mendes, foram celebradas missas e eventos ecuménicos em mais de 30 cidades. Tal como agora, a iniciativa deveu-se em grande parte a João Crisostomo, um Luso-Americando que mora em New York que é Vice Presidente da Wallenberg Foundation e coordenadora da Angelo Roncali Foundation.
Entre outras acções, João Crisóstomo e António Rodrigues fizeram um grande trabalho de escourar e tapar os buracos no telhado da Casa do Passal em Cabanas de Viriato há alguns anos. Infelizmente os buracos voltaram a abrir, e o risco de derrocada aumenta de dia à dia, de chuvada em chuvada.
João Crisóstomo, encontra-se actualmente em Portugal, e continua muito activo em prol da causa de Sousa Mendes.
Este ano, estes eventos irão comemorar as acções de Sousa Mendes, e de outros "diplomatas dos desgraçados" tais como o diplomata brasileiro Luis de Sousa Dantas, que concederam "vistos para a vida".
Os detalhes dos eventos serão divulgados no blog Amigos de Sousa Mendes, http://amigosdesousamendes.blogspot.com/
Ver também antigas notícias sobre Sousa Mendes
Entretanto, foi reeditado o livro de Rui Afonso, Um Homem Bom, que merece bem um leitura.
See English version in the blog Amigos de Sousa Mendes

0 Comentários:

Enviar um comentário