Translate

Noite de S. João em Beijós

sexta-feira, 18 de junho de 2010

4 Comentários:

beijokense disse...

Maldito Acordo Ortográfico!

Festeira disse...

Assim, sim. Com um programa como este o S. João já não é só para os que têm falta de tino, embora esses sempre pensem que são os mais atinados.

Nunca se viu um santo com tanta falta de "clientes". Quando os beijosenses escolheram este santo como padroeiro (quando foi?), fizeram uma das piores escolhas.

Quanto a festas, noutros tempos, misturar alhos com bogalhos, isto é, festa católica com festa pagã ( dita popular), quase valia uma escomunhão e a condenação, sem apelo nem agravo, aos infernos.

Ainda bem que os tempos mudaram.

Viva a festa e o resto são cantigas.

bicho do mato disse...

A noite véspera do S.João, em Beijós e não só, é sinónimo de brincadeira.

Quanto à deslocação dos vasos para ornamentar os chafarizes e agora as guardas da ponte, disso não vale a pena falar.

Estou mais preocupada com as fogeiras.

Quanto às fogueiras, é bom saltar a fogueira, mesmo que agora o rapazio já não consiga vislumbrar as pernocas das meninas porque já todas usam calças.

O que não é bom é arrancar o rosmaninho das matas para queimar nas fogueiras.

Toda a gente já percebeu que agora há muito menos plantas de rosmaninho nas matas, certamente não sómente em resultado do arranque, pela raiz, desta planta excepcional.

Mas a verdade é que há menos rosmaninho. Salta aos olhos de qualquer um, de que há uma verdadeira ameaça de extinção sobre esta espécie botânica fatástica.

Por isso, por favor, não arranquem o rosmaninho pela raiz. Se não, os nossos netos e bisnetos já não vão poder admirar e usufruir desta planta.

Nem as abelhas, tão necessárias neste planeta a chamamos Terra, irão dispor da flor de rosmaninho para fazerem o seu trabalho silvestre insubstituivel.

Mesmo o corte total do rosmaninho e, em particular no Verão, prejudica a planta e pode levá-la a secar.

O melhor seria fazer as fogueiras sim mas com ramos de pinheiro, de eucalipto ou podas de oliveira que também deitam um aroma agradável quando ardem.

Por favor vamos todos “salvar” o rosmaninho não o arrncado pela raiz nem fazer-lhe um corte radical.

bicho do mato disse...

Oh meu rico S. João
Desce à Terra de mansinho
Vem dizer aos cá do sítio
Não arranquem o rosmaninho.


Precisamos de alegria
De sardinhas, pão e vinho
Mete na cuca das pessoas
Não queimem o rosmaninho.

Oh S. João milagreiro
Vem dizer a esta gente
Qu`é possivel festejar
Preservando o Ambiente.

Enviar um comentário