Translate

BOM NATAL NACIONAL para todos

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Um Natal tradicional em grande família, recheado de produtos locais faz mais sentido agora do que nunca, não só em termos sociais mas também económicos.

O outro Natal do consumismo de artigos importados vai deixar muitos amargos de bolso às crianças de hoje que hão-de ter que trabalhar muitos anos para pagar a importação dos jogos electrónicos.

E falamos de produtos locais e não apenas produtos tradicionais, pois a tradição já não é o que era quando o "nosso" bacalhau é importado da Noruega.

Já pensaram quanto do vosso Natal é importado? E quantos anos se vai levar a pagar?

http://pppluofonia.blogspot.com/2010/12/balanca-comercial-agrava-se-em-2010.html

Se querem ter um Natal sereno e sustentável, mesmo em tempo de crise, evitem contribuir para o défice comercial e o endividamento externo de Portugal. Isso implica mais cabrito, mais peru, mais couves, mais jeropiga, menos champagne e menos bacalhau importado. E muito, muito menos tralha electrónica, que deixa de funcionar muito antes mesmo de se deixar de pagar.

Mas Natal é Natal, a festa continua, as broinhas, as filhoz e sobretudo os sonhos aguardam quem souber "ir para fora cá dentro"!

Afinal, a Balança de Pagamentos depende de nós!

11 Comentários:

jose artur baptista disse...

um feliz natal para toudos os beijokemses e um bom ano de 2011

beijokense disse...

Este apelo natalício faz-me lembrar o apelo presidencial de Junho passado :)

Anónimo disse...

No dia 10 de Junho o presidente, informou o pais
que Portugal se encontrava, numa situacao insustentavel.
Neste momento uma noticia dai, um camiao carregado de batatas de certo vindo Espanha.
Despistou-se, junto a Castelo Branco.
A onde Portugal chegou.

Anónimo disse...

O Presidente não se pode queixar, lucrou 147 mil euros em acções da SLN Sociedade Lusa de Negócios dona do BPN, por sorte vendeu-as uns dias antes deste falir.
A filha lucrou 200 mil euros.
O seu grande amigo Dias Loureiro era Administrador.

Anónimo disse...

Nao se pode chamar ao saber, "sorte".

Ou entao foi a bruxa;

Os consselheiros, terao que justificar o ordenado.

beijokense disse...

Votos de Boas Festas para todos os leitores do Beijós XXI.

Sejam felizes e lembrem-de de que não é preciso muito para termos o sentimento de felicidade.

Roger.a disse...

Boas Festas a todos os amigos do BEIJÓS XXI.

Anónimo disse...

Qual felicidade ,é só laraixas e tretas!!!

Felix disse...

A felicidade não é um destino, é um caminho.
Pé ante pé!

Micas10 disse...

Os folhetos comerciais dos supermercados oferecem algumas sugestões de produtos bem nacionais, o melhor de Portugal

Em primeiro lugar, a couve portuguesa, que tem quase o dobro do cálcio do leite, uma delícia. Em Beijós, a horta da Beira, contam-se os passos da horta para o prato!

Depois o polvo, que é a quarta espécie marinha mais pescada e desembarcada em Portugal, faz parte de muitas ceias de Natal, especialmente no Norte.

No dia de Natal, o cabrito assado, o borrego ou o cordeiro de leite, fazem uma linda mesa.
Em alternativa, há o peru preto alentejano.

Para terminar, há os dióspiros e o kiwi nacional, o queijo da Serra da Estrela, o ananás dos Açores, e o pão-de-ló de Ovar.

O que é Nacional é bom para o bolso.

O que é Nacional é bom disse...

O Natal é não só importado como também fiado.

O bacalhau da Noruega, o Whiskey da Escócia, a champanhe da França, tudo isso vai ser pago, com juros pelos nossos netos e bisnetos.

Enviar um comentário