Translate

Diretor-geral da Shark justifica despedimentos

terça-feira, 10 de maio de 2011
O diretor-geral da fábrica de capacetes Shark, Remo Ventura, justificou esta segunda-feira o despedimento de 39 funcionários com a necessidade de reestruturação.

Em declarações à Lusa, Remo Ventura explicou que é preciso “adequar a fábrica às necessidades do mercado”, atendendo à redução de encomendas dos últimos anos. “Há necessidade de reestruturar a sociedade (Sociedade Franco Portuguesa de Capacetes), estando nós numa situação em que o mercado está praticamente parado”, referiu.

Segundo o responsável, a fábrica de Carregal do Sal produzia “à volta de 180 mil capacetes”, mas, desde há três anos, tem havido um decréscimo de encomendas.

“Perdemos mais ou menos 30 por cento em cada ano”, lamentou, explicando que, neste âmbito, houve algumas operações que foram fundidas noutras e a consequente extinção de postos de trabalho.

França, Itália, Alemanha, Inglaterra, Espanha são os mercados principais da fábrica, que está implantada no Carregal do Sal desde 2001 e contava com 132 trabalhadores. Alguns dos trabalhadores despedidos já estavam na fábrica desde o início.

0 Comentários:

Enviar um comentário