Translate

Paulo, o mau da fita

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010
Lembram-se do "jovem de 17 anos" que resolveu tirar uma sesta a meio de um assalto a uma sapataria em Carregal do Sal? Cerca de um ano depois, voltou às páginas dos jornais nacionais, desta vez na qualidade de «jovem de 17 anos que na terça-feira à noite tentou assassinar um cabo da GNR em Santa Comba Dão».
Segundo o DN, o rapaz «tem longo currículo criminal», com destaque para perseguição a velhinhas, com o intuito de as roubar. Foi nessa circunstância que, na passada terça-feira, o cabo da GNR, fora de serviço, foi em auxílio de uma idosa que pedira socorro e acabou por ser esfaqueado.
«Na vila e "desde 2009, que o jovem é bem conhecido por vários roubos e assaltos", conta um operacional da GNR de Carregal do Sal. (...) Paulo Garcia está "sinalizado pela Comissão de Protecção de Menores, desde 2008, e tem sido acompanhado", diz ao DN um responsável da comissão de Carregal do Sal. (...) No posto da GNR "somam-se as queixas e os inquéritos em que o menor é interveniente", conclui o responsável da comissão».
Além destes "acompanhamento" e "sinalização", o Beijós XXI noticiou em Março passado que Paulo também tem sido acompanhado pela progenitora, que investe parte do RSI em vassouras para lhe partir no lombo. No momento em que escrevo este post, ainda não sei se o Tribunal de Santa Comba fez a vontade à mãe: «Só peço que o prendam».

Actualização 1:30 O Correio da Manhã noticia que «O jovem de 17 anos que esfaqueou um cabo da GNR de Santa Comba Dão, terça-feira, vai aguardar julgamento em prisão preventiva, informaram ontem fontes judiciais».

Pós-texto 2-3-2010 0:30 O Beijós XXI publica hoje um esclarecimento da CPCJ de Carregal do Sal, desmentindo «a informação veiculada de que o jovem mencionado na referida notícia se encontra em acompanhamento nesta CPCJ». Pode ser lido na íntegra aqui.

4 Comentários:

cristina disse...

É claro q não devem ser prendido o JOVEM. Só lá fica quando atacar a mãe ou avó do juiz...claro!!!

Anónimo disse...

ai agora chama-se jovem a um meliante, deve ser para não ficar aborrecido.

cristina disse...

Claro!É para não ficar traumatizado. Os traumas são péssimos para o desenvolvimente da vida adulta do pobrezinho!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Isto como cidadã revolta me... pois se estas ditas senhoras em vez de estarem preocupadas com fofocas de trazer por casa, saissem dos gabinetes e fossem para a rua de vez em quando, veriam com os seus proprios olhos os delinquentes k o concelho está a criar muito e maioritariamente por causa de rendimentos atribuidos a pessoas k não o merecem pois so se dedicam a malandrice e oscio...Mas enfim é o pais k temos...

Enviar um comentário