Translate

Melhores Alunos do ano 2009/2010 distinguidos

sábado, 11 de setembro de 2010

Na sessão de Entrega de Prémios Escolares

que teve lugar no dia 8-Setembro-2010 no Salão Nobre da Câmara Municipal de Carregal do Sal, o presidente Atílio Nunes felicitou os pais, “por terem ajudado os filhos a obterem os prémios”, e os professores, “por terem ensinado tão bem os alunos”. 

MELHORES ALUNOS ANO LECTIVO 2009/2010

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA ARISTIDES SOUSA MENDES

6.º Ano

Bernardo Daniel Campos Sousa Batista

Tiago Filipe Rodrigues Costa

Luís Afonso Pina Fidalgo

 9.º Ano

João Pedro Simões Lopes

Inês Borges Pina Tavares Santos

Juliana Filipa Sousa Campos

ESCOLA BÁSICA DO 2.º E 3.º CICLOS DE CARREGAL DO SAL

6.º Ano

David Alexandre Mendes Carreira

Inês Raquel Pinto Gomes Amaral Pereira

Luís Carlos Ferrão Barbas

6º Ano – Música

Celina Veloso Campos

Ana Sofia Dias de Figueiredo

José Filipe Ferreira Soares de Melo

9.º Ano

Mariana Teresa de Coronha e Mendes

Inês Santos Nogueira

Maria Manuel Leite Brito Bento Ribeiro

ESCOLA SECUNDÁRIA/3 DE CARREGAL DO SAL

9.º Ano

Tatiana Soares Costa

Daniela Nikaitow de Oliveira

Edgar Martins Ribeiro

Inês João Dinis Ferreira

12.º Ano

Rita Fernandes Ferreira

Francisco Manuel Henriques Gomes

Ricardo Jorge Rebelo de Sousa

12.º Ano – Ensino Profissional

Miguel Ângelo Mota Veiga Rosa

Ana Rita Santos Bernardo

Tiago Rodrigues Abreu

Prémio José Abrantes Melhor Aluno a Matemática 2009/2010

9º ano              Tatiana Soares Costa

12º ano            Rita Fernandes Ferreira

A seguir, os responsáveis das escolas do município, os professores Hermínio Alexandre Marques, Jorge Correia e José Manuel Figueiredo, leram os nomes de todos os finalistas do Cursos de Educação e Formação do 12º ano e dos cursos profissionais do 12º ano, e entregaram os  diplomas e certificados aos que estavam presentes, de acordo com as instruções do Ministério da Educação.  

Parabéns a Patrícia Cristina Lopes Fernandes, a única nova diplomada do 12º ano de Beijós que estava presente. 

 Também foram entregues diplomas aos adultos que voltaram à escola para concluir o 12º ano, uma verdadeira prova de coragem e energia.

A escola secundária passará a ter Quadro de Honra, como nos saudosos tempos do Colégio Nun’Alvares, para distinguir os alunos com melhor aproveitamento em cada período. 

Parabéns e boa sorte a todos os  alunos pelo seu bom aproveitamento.  Agradecimentos aos professores, que ensinaram, aos pais que ajudaram. E, sobretudo, não esquecer os contribuintes, que pagaram.

No final da sessão, foram ainda entregues dois prémios doados por Mariana Abrantes de Sousa, de Beijós, em memória de seu pai, José Abrantes. Os prémios contemplaram o melhor aluno do 9.º ano e o melhor aluno do 12.º ano, em Matemática, no ano lectivo 2009/2010, no seguimento do que tinha sido anunciado anteriormente aqui.

Convidada a apresentar o Prémio José Abrantes  para o Melhor Aluno a Matemática 2009/2010, Mariana Abrantes de Sousa, começou por agradecer a receptividade dos responsáveis da Escola Secundária e da Câmara Municipal. 

E continuou: 

“Pensei em fazer este donativo por duas razões.

  1. Para estimular e reconhecer os alunos que tiveram o melhor aproveitamento a matemática, que considero ser a disciplina mais importante.
  2. Para agradecer e retribuir os benefícios que eue os antigos alunos do antigo Colégio Nun’Alvares recebemos, e para passar esse testemunho aos alunos de hoje. A nova Associação de Antigos Alunos já aproveitou a sugestão e vai distinguir os melhores alunos futuro.  

Há 40 anos, poucos eram os alunos que tinham a oportunidade de continuar a estudar depois da 4ª classe.  Muitos dos que tinham essa sorte felizmente gostavam de aprender e conseguiam  aproveitar bem a oportunidade de continuar na escola. Como muitos dos meus colegas, eu não faltava às aulas, nem aos exames, mas também não faltava às festas.

Para concluir, dou os parabéns e votos de boa sorte aos premiados e a todos os alunos talentosos  presentes aqui hoje.    Muito é esperado de vocês. Continuem no bom caminho. Ninguém pode fazer os vossos exames, ninguém vai prestar provas por vocês.

Sabemos que cada um de nós é chamado a prestar provas todos os dias. Mas não estudamos só para nós. Também temos que procurar a forma de dar o nosso melhor aos outros, de retribuir, to give back. 

Diz um ditado antigo:

Se eu não for por mim, quem será por mim?  E se eu for apenas por mim, o que serei eu?"

 Mariana Abrantes de Sousa, Carregal do Sal  8-Setembro-2010 

VER também:  Farol da Nossa Terra , classificação da Escola Secundária na tabela nacional ; encontro de Antigos Alunos e classificação de Portugal no PISA 

20 Comentários:

Todos os dias somos postos à prova disse...

Todos os dias somos postos à prova

Há sempre lugar para os bons, seja em que profissão for.

Carregalense disse...

Quem era José Abrantes? Um professor de Matemática? Um Economista? Desculpem a pergunta mas só agora conheci este blogue e ao ler este nome fui à net e não encontrei nada sobre o senhor. Deduzo que tenha sido importante para o Concelho mas como nunca ouvi falar dele resolvi perguntar.

Anónimo disse...

Estás é farto de saber. Vai, comentar para o farol.

carregalense disse...

Não achei correcto o comentário anterior.
Sou um professor de Físico-Quimica que esteve presente na cerimónia e lá ninguém explicou quem era José Abrantes nem o porquê do seu nome no prémio.
Não percebi a sua heronia em vez de me responder mas não voltarei a comentar, se isso o ofendeu de alguma forma!

Anónimo disse...

A mim não.

Nuno disse...

Carregalense, você não é professor, pois se fosse não escreveria "heronia".
Seja como for os seus comentários são bem-vindos.

Nuno disse...

Para ver quem foi José Abrantes, por favor siga o link "José Abrantes" em cima.

beijokense disse...

@Nuno e, se tivesse um corrector ortográfico, teria escrito C21H23NO5

Anónimo disse...

Obrigado, Mariana.
ès um exemplo.

Anónimo disse...

Conheço bem a Mariana.
Honrar o pai no seu gesto...é de enaltecer!
A minha vénia!
CC,IGF-Lisboa

Anónimo disse...

Já agora... Consultem no Google, por pesquisa, Mariana Abrantes. Poderão saber muito sobre quão ilustres pessoas passam despercebidas no despreconceito da alma beijosense....a todos eles o meu obrigado, com quem apreendo e revejo o meu orgulho beijosense...do quase nada aos píncaros do conhecimento feito saber fazer.
CC/IGF/LISBOA

PPP Lusofonia disse...

O prémio pretendia efectivamente recordar o meu pai José Abrantes, por isso noto bem o interesse em saber mais sobre quem ele foi e o que ele fez.

Para além de ser pai de família (de 10 filhos!), agricultor e empresário, José Abrantes foi também o primeiro presidente da ACDB, a Associação de Beijós, que ajudou a fundar em 1949.

Ele combinava um forte espírito de família, com vocação empresarial e ampla disponibilidade para questões cívicas. Ainda hoje é recordado pelos vizinhos mais idosos, com quem gosto de conversar sobre ele.

Ele dizia que podíamos aprender algo novo todos os dias, uma dica útil para os estudantes de todas as idades.

Mariana Abrantes

carregalense disse...

Mariana Abrantes, muito agradeço a sua informação.
Nuno, folgo em saber que sempre teve professores perfeitos, que nunca davam erros.Gostaria que tivesse aprendido mais com eles mas já vi que não visto ter alguns artigos seus postados com erros e má colocação de vírgulas.

Nuno disse...

Carregalense,

obrigado pelo reparo, vou ter mais atenção nos próximos posts para escrever com menos erros. Mas já agora, se fizesse o favor de me especificar alguns erros, faria com que a sua crítica fosse construtiva e ajudar-me-ia a errar menos vezes no futuro.

Orto Grafado disse...

Herros?
Cadé os heros?

Anónimo disse...

A Associação de BEIJÓS ainda existe?!...
Começo a conhecer mais a do Penedo...
CC

Sócio ACDB disse...

A ACDB continua bem e recomenda-se

Ver
http://beijozxxi.blogspot.com/2010/09/passeio-de-bicicleta-acdb.html

Anónimo disse...

Obrigado pela informação.
CC

Anónimo disse...

Estive a ver as fotos. Muito bem!
Há 50 anos fazíamos o mesmo, mas só com uma malga de tremoços que uma senhora do Vale da Loba ( como se chama?!...boa senhora!...) vendia num carrinho de mão, e com uma laranjina C!
O Rogério da padaria lá arranjava uns bolitos e pronto....grande festa!....
CC

Contribuinte disse...

Agora o contribuinte é mais generoso, paga almoços.

O contribuinte nacional, ou o credor estrangeiro?

http://dn.sapo.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1667211

Enviar um comentário